Trilha na Pedra do Elefante

Ooooi pessoal!!

Primeiro post de 2016, porém ainda com um assunto de 2015.  Para fechar o ano fui subir o Alto Mourão que faz divisa de Maricá e Niterói. É mais conhecido como Pedra do Elefante por causa da vista de quem vê por Itaipuaçu.

mon101.jpg

A trilha começa no mirante, em mata fechada fizemos 1h15 de caminhada até o topo. Do primeiro ponto vemos o Costão, famosa pedra de Itacoatiara. Logo depois passamos por um ponto mais difícil da trilha em que tivemos que usar as mãos e os pés, escalar na força.  Passando isso, temos mais uma vista incrível de Niterói, dá para ver todas as praias e a lagoa.Em seguida o ponto que todos param para descansar olhando para a vista mais linda da cidade de Itaipuaçu.

mon201.jpg

A descida fizemos em 1h08 e ficamos bem cansados.Eu fiquei com a palma da mão arranhada  E não me lembrava de como era a trilha pois eu subi quando tinha 12 anos, ou seja há 8 anos. Porém todo o esforço valeu a pena pelo visual lá de cima!!!

Minhas dicas para esta: Passar repelente, usar um short de tecido grosso e um luva para proteger a mão. E em relação a crianças acho que não é apropriado para menores de 10 anos. Espero que tenham gostado e subam qualquer dia.. Bjbjo

                                                                                            with love Ju Fialho

TOP5 DA MINHA PLAYLIST

Nesse meu 5º post venho aqui compartilhar as músicas internacionais que eu estou viciada no momento.

  1. OMI – Cheerleader (Felix Jaehn Remix) 
    Eu amo a batida dessa música,yeah yeah  rs 

2. Justin Bieber – What Do You Mean? Pra quem nunca foi fã do Justin Bieber, estou aqui e admito, curti muito essaaaa rs  

3. Clean Bandit – Rather Be
Sem dúvidas a que me levanta da cadeira para dançar e a letra então… 

4. Ed Sheeran – Photograph  Um amor de música que fala de amor, apenas 

 

5. Magic – Rude          Eu curto essa música desde que foi lançada na rádio e até hoje ela tá aqui no meu spotfly, a batida, a letra, o clipe …. amo.

 

Então, essa são as músicas que eu mais ouço no momento. Curtiram?
Eu gostaria de saber as tops 5 de vocês também, comentem aqui…

with love Ju Fialho

#RIOPORQUETONORIO

Ooooi pessoal! Irei falar hoje de um cartão postal daqui do Rio de Janeiro: Pão de Açúcar

Há uma trilha no Morro da Urca e o topo dela é a primeira estação do bondinho. O passeio varia muito pois tem a subida de 30 a 40 minutos, o tempo que vai ficar lá em cima mais a descida e vai depender também do ritmo do grupo. Dá última vez, fizemos em 30 min a subida e 20 min a descida e não demoramos muito pois o tempo estava fechando.

11888125_845518362201095_2185540421560568334_n                                             (foto tirada pelo celular)


” Ju, dá pra levar criança nessa trilha?”
. Dá sim porque a trilha é tipo uma escadaria e com ajuda as crianças conseguem subir, até com mais pique do que os adultos. rs. As duas vezes que fui pela trilha, infelizmente não consegui levar a Anju espero leva-la logo, pois vi várias crianças e até gente com carrinho de bebê, para se ter noção do quanto leve é. E aconselho muito pois esse tipo de contato com a natureza é importante para criança e se surpreender ao encontrar os micos (mas não deem comida para eles, além de vir muitos em cima, não é recomendado).

Lá em cima tem banheiros, lanchonete, restaurante e também passeio de helicóptero.Há possibilidade de descer de bondinho ao invés de descer pela trilha. Nos fins de semana e feriados, o ingresso a partir de 16h até as 19:30h, custa R$ 20 inteira e R$ 10 meia no Espaço Baía de Guanabara, lá na praça. Para mais informações http://www.bondinho.com.br

Dicas: nunca ir depois de um dia de chuva por causa da terra e caso vá de carro chegue bem cedo lá na Urca porque arrumar vaga é muito ruim. Então é isso, espero que tenham gostado dessa resenha. Bjbjo

                                                                                                          with love Ju Fialho

FACULDADE – MEU SEGUNDO PERÍODO

No segundo período da faculdade eu tive 3 matérias presencias e 2 onlines, como no primeiro. A semana começava com a aula de Jornalismo Político e Econômico , depois Fotojornalismo e a por fim Principios de Design . Como no post do primeiro período eu resumi como aulas foram ministradas e como foi pra mim pessoalmente, neste, não farei diferente.

Na primeira, eu não tive muita afinidade. Os assuntos não eram difíceis, mas confesso que não foi muito empolgante para mim. A professora passava slides nas aulas e um trabalho no final. O conteúdo foi desde a era de 1950 até os dias de hoje e como o jornalista que quisesse seguir nessa área deveria se comportar. Aprendemos também o que era um realese  e uma pauta. A atps foi a realização de uma pauta no bairro. (Atividade Supervisionada)
Fizemos também um seminário sobre os ministérios, as secretarias do governo, o plano do governo, a Alerj, a Câmara de Niterói e a atuação do jornalista em cada local.

Já na segunda, o envolvimento foi total… Complementando a disciplina Fotografia do primeiro período. Tivemos aula externa e no estúdio. O professor reforçou as funções da câmera, falou das composições. Os trabalhos foram bem legais, fizemos um blog para ir postando tudo o que fazíamos dentre à exposição de Kandinsky no Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB) e análise de fotografias tiradas por nós. E só foi aumentando a minha vontade de trabalhar com uma câmera.

           post 2
                           #estúdio #mosaico #fotografando 

11254290_880289735390624_1382827008403598125_nPor fim, Príncipios de Design apesar de ter sido numa sexta-feira, o dia que a gente fica mais agitado para sair e curtir o fds, super gostei pois tinha a ver com publicidade também apesar de ser para o realização do projeto de um jornal, que foi a atps. Também tinham slides com o conteúdo, aprende-se sobre as cores, as tipografias, tipologias, os layouts de um jornal e o que é um Design e sua história.

Esse foi o meu segundo período resumido, agora vou esperar o terceiro acabar para postar aqui. Até mais…Beijos  ♥

JORNALISMO – MEU PRIMEIRO PERÍODO

 Entre vários assuntos que eu quero abordar um deles é a faculdade.  Vou deixar aqui o relato do meu primeiro período. O curso de jornalismo não era minha primeira opção… só tinha vaga na faculdade neste curso e eles me asseguraram que daria para mudar para publicidade no 2º período cortando matérias.
Tive disciplinas presenciais e onlines no portal do aluno, mas estas eu sempre fiz porque tinha que fazer, de duas uma fiquei agarrada e tive que refazer no final do semestre. Mas falando das presenciais, tive as disciplinas :

  1. Redação Jornalística  2.  Fotografia 3. Estudo de comunicação em massa
Na primeira, escrevemos bastante entre seminários e a atividade pratica supervisionada (atps) que o objetivo era um blog. Nessa tive a oportunidade de rever a nova ortografia e isso achei importante para tirar a velha da cabeça. A professora falou bastante de discurso direto e indireto, tive meu primeiro contato com o lide e as perguntas para construí-lo como também as diferenças.
*ATPS é um trabalho fechado, onde os professores não podem mudar e os alunos devem seguir as etapas, os passos e entregar na data determinada.

Na segunda, eu me diverti!!! Já gostava de tirar uma foto, após essa disciplina passei a gostar mais e pensar num futuro com a câmera. Conheci as chamadas DSRL , os comandos da câmera manual e os fatores que atuam ao mesmo tempo para uma foto ser tirada com uma ótima qualidade. E o objetivo da atps era realizar uma capa de CD. Então fomos para o estúdio, criamos um personagem inspirado no Cazuza… Foi bem bacana e eu não senti dificuldade, por isso, afirmo que tive mais afinidade.
Já na terceira, foi basicamente leitura sobre as teorias da comunicação, os principais pensadores, as escolas. Em sala o professor ajudou bastante tornando as aulas menos cansativas, passava slides para agilizar, formou seminário e no final a atps também foi bem bacana. A atps era um talk show e o entrevistado deveria ser um dos pensadores que estudamos anteriormente.
Meu primeiro período, resumido, foi assim e por ter gostado resolvi permanecer no jornalismo. Acabei caindo de paraquedas e ficando no lugar que aterrissei.  rs

Procuro sempre perguntar às pessoas como foi com elas, o que elas mais gostaram. Mande seu relato!!! Esse foi o meu…Espero que tenham gostado. Bjbjo                                                                                with love Ju Fialho